Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo!   Click to listen highlighted text! Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo! Powered By GSpeech
Home
KIOSK(ext)
WEBMAIL
Abrir Painel

Acessos_Rápidos

 

 

ajuda

planodeestudoPLANOS DE ESTUDO

 

icon.calendarioescolar

DESTAQUES

User Rating: 0 / 5

User Rating: 0 / 5

1.ª Edição do Concurso de Bolos Comemorativos do Aniversário da escola sede

bolo de aniversário de chocolate

A temática deste concurso é Álvaro Velho e a sua época. Esta edição é organizada pela Escola Básica 2, 3 ciclos de Álvaro Velho (ver anexos).

Anexos:
Download this file (Concurso bolo aniversário - Procedimentos.pdf)Concurso bolo aniversário - Procedimentos.pdf[Regulamento e ficha de inscricção]393 kB

User Rating: 0 / 5

Celebração do 46º aniversário da escola sede

Wallpaper46AnivAgrupamentoBLUR

cliica na imagem

46 ANOS AO SERVIÇO DA ESCOLA PÚBLICA.

 OBRIGADO A TODOS AQUELES QUE FAZEM PARTE DESTA HISTÓRIA!

A Direção do Agrupamento de Escolas Álvaro Velho vem por este meio agradecer a todos aqueles que colaboram na concretização das diversas iniciativas englobadas na celebração do 46º aniversário da escola sede.

46.ANIVERSARIO

clica na imagem

Aos docentes e assistentes operacionais das nossas quatro escolas, aos encarregados de educação em representação da APEEAEAV, aos alunos e todos aqueles que enriqueceram este dia marcante com a sua presença e participação... o nosso profundo obrigado!

Com os melhores cumprimentos,

 Luís Miguel Latas

[Diretor do Agrupamento Escolas Álvaro Velho]

User Rating: 0 / 5

COMEMORAÇÃO 47º ANIVERSÁRIO DA EB 2.º,3.º C DE ÁLVARO VELHO

 Mega.Selfie.47aniversario.18.19

A 18 de outubro celebrou-se em todas as escolas do Agrupamento o 47.º aniversário da sua escola sede. São quarenta e sete anos ao serviço da educação e da comunidade educativa. O dia foi assinalado com iniciativas em todas as quatro escolas do Agrupamento, envolvendo todos os seus alunos, pessoal docente e não docente.

Nas escolas EB1/ JI celebrou-se com visita às escolas, por elementos da Direção, com breve apontamento de quem foi Álvaro Velho – patrono do Agrupamento de Escolas dada em viva voz através de dramatização protagonizada pelo “amigo do primo do tio que foi vizinho do Álvaro Velho” [quem esteve presente entenderá]; seguido de momento musical com um RAP do Álvaro Velho cantando por todos os alunos sob a batuta do professor Luís Gomes. Terminamos com o habitual cantar de parabéns ao nosso Patrono. 

Na escola sede assinalou-se o dia com a atuação dos Batukeiros (que celebravam o seu 14.º aniversário), intervenção do Diretor a todos os alunos, o cantar de parabéns à Escola e com uma MEGASELFIE – Foto celebrativa do momento. Decorreram também atividades paralelas: Concurso de bolo de aniversário e uma Mega Aula de Zumba para todos os professores, alunos e assistentes.

GALERIA DE FOTOS

A tod@s aqueles que colaboraram na celebração deste dia especial o nosso profundo obrigado.

 

User Rating: 0 / 5

Criação de fotografias de ilusão ótica

edev

A perspetiva é um atributo inerente à linguagem fotográfica. É ela que representa a tridimensionalidade, bem como a relação dos diversos planos que constituem a composição de uma fotografia. Por mais que a foto registre um momento com três dimensões – altura, comprimento e largura – a apresentação final se dá em apenas duas dimensões, como se houvesse um "achatamento" de planos. Para criar ilusões de óticas, deve-se trabalhar este processo.

Trabalhos desenvolvidos no âmbito da disciplina de Ed. Visual com as turmas C, D, G e E do 9.º ano sob a orientação do prof. Luís Martins.

GALERIA DE FOTOS

 

 

User Rating: 0 / 5

Optical Art

Diapositivo1 

Op art ou Optical art é um termo usado para descrever a arte que explora a falibilidade do olho e pelo uso de ilusões de óptica. Apesar do rigor com que é construída, simboliza um mundo mutável e instável, que não se mantém nunca o mesmo. Os trabalhos de op art são abstratos, usando apenas o preto e o branco. Quando são observados, dão a impressão de movimento, clarões ou vibração, ou por vezes parecem inchar ou deformar-se. Apesar de ter ganho força na metade da década de 1950, a Op Art passou por um desenvolvimento relativamente lento. Ela não tem o apelo emocional da abstração lírica; em comparação, parece excessivamente cerebral e sistemática, mais próxima das ciências (Abstração geométrica) do que das humanidades. Por outro lado, suas possibilidades parecem ser tão ilimitadas quanto as da ciência e da tecnologia.

Ed. Visual - prof Luís Martins - 9.º ano - 2018/ 2019

O termo Op Art foi empregado pela primeira vez na revista Times no ano de 1964 e designa uma derivação do expressionismo abstrato. A Op Art brinca com nossas percepções ópticas. As cores são usadas para a criação de efeitos visuais como sobreposição, movimento e interação entre o fundo e o foco principal. Os tons vibrantes, círculos concêntricos e formas que parecem pulsar são as características mais marcantes deste estilo artístico.

A razão da Op Art é a representação do movimento através da pintura apenas com a utilização de elementos gráficos. A alteração das cidades modernas e o sofrimento do homem com a alteração constante em seus ritmos de vida também são uma preocupação constante. A vida rápida das cidades contribuiu para a percepção do movimento como elemento constituinte da cultura visual do artista. Outro fator fundamental para a criação da Op Art foi a evolução da ciência, que está presente em praticamente todos os trabalhos, baseando-se principalmente nos estudos psicológicos sobre a vida moderna e da Física sobre a Óptica.

A dinâmica da pintura na Op Art é alcançada com a oposição de estruturas idênticas que interagem umas com as outras, produzindo o efeito óptico. Diferentes níveis de iluminação também são utilizados constantemente, criando a ilusão de perspectiva. A interação de cores, baseado nos grandes contrastes (preto e branco) ou na utilização de cores complementares são a matéria prima da Op Art. Esta técnica, assim como a maioria das técnicas utilizadas na Op Art, exploram as possibilidades do fenômeno óptico na criação de volumes e formas virtuais.

Trabalhos desenvolvidos pelas turmas C; D; E e G do 9.º ano de escolaridade, sob a orientação do prof. Luís Martins.

 

User Rating: 0 / 5

AEAV - MAIS DOIS SELOS EUROPEUS DE QUALIDADE

europeanqualitylabel pt   european quality label2

Graças ao trabalho da professora Helena Pires e de quem com ela colaborou (docentes, alunos, assistentes operacionais, encarregados de educação e parceiros da comunidade educativa), o Agrupamento foi mais uma vez distinguido com dois Selos Europeus de Qualidade.

Abaixo a mensagem recebida pela ETwinning Team:

"Parabéns! A sua escola foi distinguida com os Selos Europeus de Qualidade pelo excelente trabalho dos projectos eTwinning "EUROPEAN RECYCLING AND RE-USE FESTIVAL (ETWINNING SENSE GROUP)" e "ECOSYSTEMS NEAR OUR SCHOOLS". Isto significa que o seu trabalho, o dos alunos e a sua escola obtiveram um reconhecimento ao mais alto nível europeu. Por isso, irá receber os certificados, que pode publicar na página Web ou colocá-los em local de relevo na sua escola. Os seus projectos serão também divulgados numa área especial no Portal Europeu. Apresento mais uma vez felicitações por este grande sucesso."

 

User Rating: 0 / 5

Projeto GEN10s - Álvaro Velho

genius

Durante o ano letivo 2017/ 2018 os alunos do 5º ano participaram no projeto Gen10s.pt que foi promovido pelo Centro de Competências TIC - ESE/ IPS em parceria com a SIC - Esperança e a Google. O projeto veio consolidar a aposta do AEAV no desenvolvimento de competências digitais com recurso às linguagens de programação, compreendendo como funciona o mundo da tecnologia e os processos lógicos subjacentes, para formar jovens mais confiantes e criativos.

  • Proporcionar o acesso à formação em programação Scratch a crianças provenientes de comunidades mais carenciadas do país;
  • Combater as disparidades de género que se verificam na área da tecnologia;
  • Trabalhar competências pessoais e sociais, através da aquisição de competências digitais e do trabalho em equipa;
  • Estimular a criatividade;
  • Promover o sucesso educativo, reduzindo índices de abandono escolar;
  • Formar professores e dotá-los de novas ferramentas tecnológicas e incentivar a integração destas nas diferentes áreas curriculares;
  • Criar condições de sustentabilidade para a inclusão de atividades de programação com Scratch na comunidade escolar;
  • Raciocinar sistematicamente e trabalhar colaborativamente;
  • Valorizar as escolas que priorizam projetos inovadores.

scrach

O Scratch, para quem não conhece, é uma nova linguagem de programação que permite aos seus utilizadores criar as suas próprias histórias interativas, animações, jogos, música e arte: uma tecnologia desenhada tanto a pensar em miúdos e graúdos. A programação é efetuada através da criação de sequências de comandos simples, que correspondem a blocos de várias categorias, encaixados e encadeados de forma a produzirem as ações desejadas.

O Scratch é um projecto do Lifelong Kindergarten Group do MIT Media Lab. É disponibilizado gratuitamente.

geniocollate

Cada turma participou em uma formação de 12 sessões, cada uma com 60 minutos A metodologia educativa foi baseada em três etapas – fundamentos em programação, realização de trabalhos e trabalho cooperativo entre equipas, desenvolvendo no final projetos em grupo.

Alguns alunos participaram no Scratch Day do dia 12 de Maio na Escola Superior de Educação de Setúbal numa iniciativa coordenada pelo MIT e na Gen10sparty que decorreu no dia 21 de junho em Lisboa.

TOP 20 Etiquetas

GALERIA_1

Recursos

icon.recursos2

Escolas

Documentos_Orientadores

icon.docsorientadores

Contactos

icon contactos

Manuais_Adotados

icon.manuais

Orgãos_de_Gestão

Páginas_Temáticas

Patrono

icon.patrono

Lavradio

BRR lavradio

Património_Local

icon patrimonio

Património_Religioso

church

Património_Natural

natural

Click to listen highlighted text! Powered By GSpeech